Live The Questions

I want to beg you, as much as I can, dear sir, to be patient toward all that is unsolved in your heart and to try to love the questions themselves like locked rooms and like books that are written in a very foreign tongue. Do not now seek the answers, which cannot be given you because you would not be able to live them. And the point is, to live everything. Live the questions now. Perhaps you will then gradually, without noticing it, live along some distant day into the answer.

-Rainer Maria Rilke

Esse poema eh maravilhoso.
Eh tipo um mindfulness e serve para quase todos os aspectos e relacoes da nossa vida.
Ele diz- viva e se questione menos, as respostas irao surgindo, conforme voce for fazendo escolhas, uma de cada vez. Voce vai vivendo suas perguntas e assim, recebendo como consequencia,as respostas que voce procura.

Eu tenho me perguntado muito ultimamente o que esperar do meu relacionamento com o H.
Eu tento me concentrar no fato de que eu nao devo esperar por nada alem do que a gente ja tem.
Eu estou em paz com isso enquanto as vezes fico triste de nao poder viver com ele coisas que eu gostaria, eu tenho um marido maravilhoso que me satisfaz em so many ways que nao esperar nada e manter o que temos juntos ja eh tanto e eu me sinto tao completa com os dois.

Mas coisas acontecem e minha relacao com o H depende de tantos outros eventos, que eu vou continuar vivendo e com isso colhendo as respostas little by little.
Com a unica expectativa de faze-lo sem machucar ninguem na minha busca.