Poliamor & o questionamento da Monogamia

Outro dia no meu Instagram pessoal eu abordei pela primeira vez o tema Monogamia e Casamento Aberto. para o choque da sociedade patriarcal em que vivemos.

O post nao falava nada demais.
Comecei a conversa simplesmente perguntando se meus seguidores ja haviam se questionado de onde que a monogamia surgiu e se eles ja viveram ou ja pensaram em viver uma relacao nao monogamica.

A maioria Nunca se perguntou como ela surgiu e a maioria nunca viveu ou viveria uma relacao aberta ou nao monogamica.

O que eh interessante eh que quando perguntei se eles ja foram traidos ou se ja trairam durante acordos monogamicos a vasta maioria ja tinha tanto sido traidos quando tinham traido.

O que mostra claramente o retrato da nossa sociedade.

Estamos amplamente preparados para lidar com a traicao, mas ainda nao estamos preparados para lidar com a honestidade de uma relacao aberta, tanto na nossa vida quanto na vida do outro.

Se eu contar a uma miga que E me traiu ou eu o trai, muito provavelmente, pesando a minha situacao familiar com kids envolvidas e uma relacao saudavel entre nos dois, ela aconselharia terapia de casal e voila, nao seria tao chocante ao contrario do espanto que eu despertaria se eu comentasse com uma amiga/o que eu vivo em uma casamento onde a monogamia nao eh mandatoria, onde meu casamento eh aberto e que apesar de sermos marido e mulher em termos praticos, como plano de saude e mortgage, minha sexualidade e meus desejos nao pertencem a ele e vice versa.

No mundo em que a gente vive, ser honesto nao eh de fato, uma coisa facil e traicao eh gosto popular.